sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Atitude e Comportamento Profissional

O CONTEXTO ORGANIZACIONAL ATUAL
No decorrer da história, o mundo do trabalho passou por vários tipos de transformações. Estamos vivendo uma verdadeira revolução nas atividades humanas, após o advento da informática e da globalização. As novas tecnologias e as novas formas de conhecimento estão transformando, em definitivo, a sociedade contemporânea e, no centro destas transformações, encontram-se as empresas e as formas de organização do trabalho.Durante este processo, há uma busca constante por novas estratégias – que conduzam as empresas a um nível mais elevado de eficiência e de eficácia. Essa busca por novas formas de organização do trabalho, novos estilos de comportamento e novas estruturas organizacionais está modificando o contexto das organizações.


O atual panorama do mundo dos negócios sugere uma alta competitividade entre as empresas que, para alcançar as metas estabelecidas, procuram analisar o ambiente onde estão inseridas, estudar a concorrência atual e potencial e avaliar estratégias de parcerias. Internamente, procuram observar o comportamento dos colaboradores, como ponto de partida para entender sua forma de interação e a maneira como ocorre a troca informações.
Para se adequar à nova realidade, as empresas vêm investindo na busca de soluções e mudanças significativas, que se revertam em organizações mais dinâmicas e flexíveis, voltando sua atenção para o aumento da competitividade e para a valorização do “fator humano”. Já é possível perceber um interesse maior do empregador no desenvolvimento das habilidades de seus profissionais e na valorização de questões como participação, qualificação e comprometimento dos trabalhadores.
Na estrutura organizacional, sistemas e processos precisam ajustar-se a uma realidade mais dinâmica e complexa. É possível observar mudanças significativas na organização do trabalho, tais como políticas diferenciadas aplicadas a diferentes grupos de trabalho, com o aumento de uma série de exigências. Como conseqüência deste processo, a empresa conta com a transformação no perfil profissional de seus colaboradores, caracterizada por uma flexibilidade maior para responder às mudanças.
MUDANDO E CRESCENDO COM O CONTEXTO
As mudanças que ocorrem no ambiente organizacional afetam diretamente os profissionais, que precisam aprender a mudar e a crescer com as transformações.

Para não ficar para trás, estes profissionais devem procurar aumentar seu conhecimento, desenvolver suas habilidades, buscando estratégias que permitam superar os desafios impostos por esse novo contexto.
Por que mudar?

Pra que mudar?
Um Exemplo:
“Milhares de anos atrás, Lamb supôs que pessoas viviam em grandes famílias, com animais domésticos, em casas rústicas construídas de madeira e sapé.
Um dia, todos saíram e a casa pegou fogo por acidente, mas o porco do vizinho casualmente estava lá. Quando os moradores retornaram, tudo o que sobrou foi fumaça,um monte de cinzas, e um delicioso aroma. Eventualmente, algumas das pessoas cutucaram as cinzas e queimaram seus dedos tocando na carcaça, ainda quente, do porco incinerado. Quando eles colocaram seus dedos na boca para resfriar a queimadura, um delicioso sabor apareceu.
Eles tinham, segundo Lamb, descoberto o ato de cozinhar. Dali em diante, quando as pessoas da vila celebravam, escolhiam uma casa, colocavam o porco dentro e queimavam a casa! “
Mudar é inevitável e não há forma de crescimento sem mudança. Logo, tudo depende do seu foco. Pense bem, um mesmo cenário pode fazer as pessoas cultivarem sentimentos de perda ou de oportunidades, tudo depende do foco de cada uma.

ATITUDES
Atitude não é comportamento, é uma forma de estar frente a determinadas situações, coisas ou pessoas, resultante de nossas crenças, opiniões, valores, preconceitos, temperamento e vitalidade. Atitude está mais para intenção do que para ação.
O perfil do profissional moderno difere muito do perfil tradicional. Algumas atitudes são indispensáveis. O mercado busca um diferencial competitivo, medido nas atitudes dos seus colaboradores.
Atitude passiva – Profissional que se dispõe a receber e executar ordens. Este profissional possui um perfil que seria bastante adequado aos tempos antigos, quando o foco do trabalho era a produtividade.
Atitude pró-ativa – Profissional que se antecipa às situações. Este profissional está sempre “antenado” e buscando soluções.
Atitude reativa – Profissional que necessita de impulso para agir. Este profissional tem seu valor mas, geralmente, o reconhecimento dos resultados que conquista tem impacto em curto prazo.
As empresas não são representadas pelos tijolos que formam seus prédios, mas por seu corpo de funcionários. Logo, as atitudes e posturas destes funcionários refletem diretamente no perfil desta empresa. Para identificar o tipo de atitudes que devemos ter, precisamos estabelecer a diferença que há entre ONDE ESTAMOS e ONDE QUEREMOS CHEGAR.

Fonte - SucessoCarreiraeVida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.